sexta-feira, 31 de outubro de 2014

colégio estadual Laio's Clube, realiza confraternização com funcionários.


  o colégio estadual Laio's Clube, a traveis da sua diretora, realiza hoje a noite a sua confraternização com seus funcionários, comemorando o dia do funcionário publico.



A mostrar Unica master.jpg




Supermercado Pague Menos







CURRAIS NOVOS: PM PRENDE ACUSADO DE ROUBAR CELULAR DE IDOSA DE 74 ANOS


  Por volta das 16h20 dessa quarta-feira (29/10/14) a Polícia Militar prendeu GERSON ANTÃO DA SILVA DE 38 ANOS residente na Rua Cândido Mendes, Bairro Santa Maria Gorete acusado de roubar um aparelho celular de uma senhora de 74 anos residente na Avenida Getúlio Vargas.




A vítima disse que o acusado chegou pedindo água e tomou o aparelho celular Nókia da cor branca de suas mãos e saiu correndo.

Gerson foi preso próximo a uma boca de fumo e já estava sem o aparelho celular, porém foi reconhecido pela vítima e conduzido para a delegacia para os procedimentos cabíveis.

Gerson tem várias passagens pela polícia e estava quieto fazia um bom tempo, mas deve ter voltado para o mundo das drogas.

Fonte: J. Júnior







CURRAIS NOVOS: SUPERMERCADO É ASSALTADO AGORA A NOITE.

 



BRUNO FILHO DO VÉI DAS BURRAS- DENUNCIE PELO 190


Por volta das 18h40 de hoje (31) o Supermercado São João localizado na Rua Ceará, Bairro Santa Maria Gorete acaba de ser assaltado por 04 elementos que estavam a pé, 03 deles com o rosto coberto e outro elemento com cara limpa.

O elemento que não estava com o rosto coberto foi reconhecido pela Polícia como sendo BRUNO FILHO DO VÉI DAS BURRAS que aparece nas imagens das câmeras de segurança jogando objetos em cima dos caixas.

Esse elemento tem várias passagens por assaltos, tráfico de drogas, tentativa de homicídio, entre outros delitos, esteve preso, mas já ganhou liberdade.

Ao todo 03 caixas foram roubados e ainda não foi divulgado o valor levado pelo os bandidos. Se você caro leitor ver esse elemento por aí ligue para o 190.

Fonte: J. Júnior







historia de famoso: Zizi Possi


Zizi Possi






Zizi Possi
Informação geral
Nome completo Maria Izildinha Possi
Nascimento 28 de março de 1956 (58 anos)
Origem São Paulo, São Paulo
País  Brasil
Gênero(s) MPB, pop, acústico, rock progressivo
Ocupação(ões) cantora, compositora
Instrumento(s) Vocal, piano
Extensão vocal Meio-soprano
Período em atividade 1978 - presente
Afiliação(ões) Edu Lobo, João Bosco, Ivan Lins, Alceu Valença, Luiza Possi
Página oficial Zizi Possi
Maria Izildinha Possi (São Paulo, 28 de março de 1956), mais conhecida como Zizi Possi, é uma cantora de música popular brasileira.1


Biografia


Batizada Maria Izildinha em homenagem à Santa Menina Izildinha 2 descende de italianos de Nápoles, é paulistana do bairro do Brás, típico reduto de imigrantes italianos. De formação musical erudita 3 , dos 5 aos 17 anos de idade, estudou piano e canto;1 em 1973 mudou-se para a Salvador (Bahia) com o irmão, José Possi Neto, prestou vestibular para faculdade de composição e regência (UFBA).4 Após dois anos de curso, abandonou a faculdade e iniciou-se num curso de teatro, na mesma época em que participou da montagem do musical Marilyn Miranda.5 Em um projeto para a prefeitura soteropolitana, trabalhou como professora de música para crianças — filhos de prostitutas no Pelourinho —, gravou jingles comerciais e participou de especiais da televisão local.6 O irmão deixou o Brasil quando ganhou uma bolsa de trabalho para Nova York, e Zizi agora sozinha na Bahia, rumava para o Rio de Janeiro 7 : "Quando vi o avião sumindo no ar, entendi que minha vida estava por minha conta. Me deu uma solidão… E percebi que a Bahia já não fazia mais esse sentido todo para mim. Meu irmão já não estava mais lá e, profissionalmente, eu já tinha feito tudo que podia” 7 .

Década de 1970


Em 1978, já morando no Rio de Janeiro, sobrevivia fazendo tradução do italiano para o português; até que Roberto Menescal (então produtor da gravadora Philips) deixou um recado debaixo da porta, onde morava com mais sete meninas: “Olhei o bilhete e pensei: ‘Esse cara não é da bossa nova? Será que ele quer que eu também faça backing vocal para ele? Quando atenderam o telefone era "da Phillips"....e eu pensei: ué, será que o R. Menescal trabalha numa loja de Departamentos?" 7 . Zizi assinou contrato com a gravadora Philips, mais tarde Polygram (atualmente Universal Music), que lançaria quase todos os discos. Aos 22 anos, gravou o primeiro LP, Flor do Mal (1978), e o primeiro grande sucesso foi a canção Pedaço de Mim, faixa de um disco de Chico Buarque, autor da canção interpretada num dueto, que também daria título ao segundo álbum da carreira, datado de 1979, no qual outras duas canções se destacariam: "Nunca" e "Luz e mistério".8 9

Década de 1980


Paralelamente ao lançamento do disco e espetáculo Um Minuto Além (1981), ganhou o primeiro prêmio, de cantora-revelação pela Associação Paulista de Críticos de Arte (APCA), Dê um Rolê (1984) e Amor e Música (1987).10 Os discos nesta época tinham uma linha comercial e as canções para trilha sonoras de telenovelas atendiam a tendências mercadológicas, o que caracterizava de uma maneira geral a produção musical dos anos 80.

Asa morena


Em 1982 gravou a canção que seria um dos maiores sucessos da carreira, Asa Morena, do disco homônimo. O grande sucesso de Asa Morena trouxe o primeiro disco de ouro.11 Do disco homônimo lançado em 1982, foi um sucesso radiofônico e comercial e considerada uma das 100 canções mais populares do século XX.12 O cantor e compositor Gonzaguinha compôs especialmente para a sua voz a canção "Viver, amar, valeu", gravada no mesmo disco.
Originalmente idealizado para a montagem do ballet teatro do Balé Teatro Guaíra (Curitiba, 1982), o espetáculo O Grande Circo Místico foi lançado em 1983. Zizi integrou o grupo seleto de intérpretes que viajaram o país apresentando a peça, um dos maiores e mais completos espetáculos teatrais já apresentados, para uma plateia de mais de duzentas mil pessoas. Zizi interpretou a canção-tema O Grande Circo Místico, composta pela dupla Chico Buarque e Edu Lobo. O espetáculo conta a história de amor entre um aristocrata e uma acrobata e a saga da família austríaca proprietária do Circo Knie, que vagava pelo mundo nas primeiras décadas do século. Edu Lobo é um dos compositores com quem Zizi tem grande afinidade, com uma presença frequente nas obras, a exemplo das trilhas dos musicais Ópera do Malandro e Cambaio e dos balés A dança da meia lua e O grande circo Místico : "Ela faz disparar o coração das pessoas. Qualquer ideia que a Zizi tiver na vida eu vou sempre querer fazer com ela" (Edu Lobo)13 14
Valendo-se ainda do filão engajado da pós-ditadura e feminismo, cantou no coro da versão brasileira de We Are the World, o hit americano que juntou vozes e levantou fundos para a África com o projeto USA for Africa. O projeto Nordeste Já (1985), abraçou a causa da seca nordestina, unindo 155 vozes num compacto, de criação coletiva, com as canções Chega de mágoa e Seca d´água. Elogiado pela competência das interpretações individuais, foi no entanto criticado pela incapacidade de harmonizar as vozes e o enquadramento de cada uma delas no coro.15
A época foi marcada também por larga exposição da vida pessoal ao lado da cantora e compositora Ângela Ro Ro; a mídia sensacionalista explorou o relacionamento à exaustão e a canção "Escândalo" (Caetano Veloso) foi gravada por Ro Ro sobre o episódio e lançada como faixa-título do disco (1981).16
Em 1986 lançou aquele que foi um dos grandes sucessos, Perigo, que integrou a trilha sonora da novela Selva de Pedra (Rede Globo), que a torna extremamente popular em todo o país. Em 1989 lançou aquele que é considerado por muitos, inclusive pela própria cantora [carece de fontes], um dos melhores discos: Estrebucha Baby — trabalho que marcou o afastamento do padrão comercial radiofônico da época, recebido com frieza e que foi um fracasso comercial [carece de fontes]. A época também definiu a saída da gravadora, o fim do casamento de 6 anos com o produtor musical Líber Gadelha (fundador, em 1997, da gravadora independente Indie Records) e pai da filha, Luíza Possi, e o retorno à cidade natal, São Paulo.


Década de 1990


O espetáculo temático Sobre Todas as Coisas permaneceu em cartaz por dois anos e o repertório deste reunia canções consagradas entre outras do repertório do disco anterior. O grande sucesso deste acabou por originar o álbum homônimo, lançado em 1991 pela pequena gravadora Eldorado, em formato acústico; os músicos que a acompanham são Marcos Suzano (percussão), o multi-instrumentista Lui Coimbra (violoncelo, alternando-se com violão e charango), Jether Garotti Júnior e as participações especiais de Alex Meireles e Pier Francesco Maestrini (piano). Esta ideia soou como inusitada, surpreendente e inovadora à época [carece de fontes].
O CD, relançado em 2006, com uma tiragem limitada de mil cópias, foi um sucesso instantâneo -apesar de não veiculado pela imprensa, pois representou, esteticamente, uma mudança radical e vendeu mais que os discos até então. Concorrendo com Marisa Monte e Leny Andrade, por esse álbum ganhou dois prêmios: o extinto Prêmio Sharp (atual Prêmio Tim de Música) e pela APCA, de melhor cantora e melhor CD de MPB em 1991. Sobre Todas as Coisas foi reconhecido posteriormente como um divisor de águas na carreira. Devido ao afastamento da linha comercial e a transferência para essa gravadora independente onde conquistou maior liberdade na escolha do repertório, os trabalhos estavam desacreditados e com baixa expectativa de venda, mas a vendagem surpreendeu e o disco foi muito elogiado pela crítica especializada, onde explorou influências mais densas e teatrais, enquanto o subsequente era mais leve e jazzístico.

Valsa Brasileira, Prêmio Sharp (ou Prêmio Tim de Música)


O segundo trabalho nesse caminho foi Valsa Brasileira (1993), lançado desta vez pela independente Velas, fundada por Ivan Lins e o parceiro Vítor Martins. O repertório trouxe regravações de canções pouco conhecidas de compositores consagrados, com destaque para a faixa-título, de autoria da dupla Chico Buarque e Edu Lobo, tal como fizera com a faixa-título do trabalho anterior, também da dupla de compositores. A partir de então, ambas as canções seriam regravadas em voga por toda a MPB [carece de fontes]. Com este álbum, que simulou uma incursão pelos arranjos eletrônicos, conquistou novamente o Prêmio Sharp de melhor disco de MPB, entrando no rol das grandes cantoras deste gênero. Valsa Brasileira também foi muito elogiado pela crítica especializada, devido ao repertório seletivo, cuidados técnicos e arranjos apurados.17 O espetáculo originado deste disco também obteve relevante sucesso, com uma marca personalista e desviando-se do padrão mercadológico vigente. Ganhou o prêmio de melhor cantora de 1993 pela APCA.18

Per Amore


A última obra da trilogia acústica intitula-se Mais Simples (1996), que marca o retorno à mesma gravadora multinacional da qual havia saído sete anos antes e o repertório apresentava canções consagradas e pouco conhecidas da MPB e do samba entre outras canções inéditas de compositores novatos e pouco conhecidos. O sucesso de vendagem voltaria quando do lançamento da primeira produção totalmente em uma língua estrangeira, Per Amore (1997), no qual interpretou clássicos da música italiana e garantiu à cantora um disco de ouro, um de platina e um duplo de platina.19 O maior sucesso do disco foi a faixa-título, originalmente gravada pelo tenor italiano Andrea Bocelli, que fez parte da trilha sonora da novela 'Por Amor', de Manoel Carlos (Rede Globo), impulsionando o repertório e as vendas, composto basicamente de canções napolitanas pouco comerciais. A ideia da gravação surgiu da comemoração das bodas de ouro dos pais, naquele mesmo ano —e também por ser neta de italianos.20
Nessa época, apostou numa maior diversificação de presenças nos espetáculos, percorrendo gerações variadas -e conquistou o Troféu Imprensa de melhor cantora do ano.21 Devido ao sucesso do primeiro álbum, lançou o segundo álbum em italiano, Passione (1998), considerado a continuação do anterior, cuja vendagem garantiu novamente um disco de ouro e de platina.19 A retomada do repertório brasileiro ocorre no álbum seguinte: Puro Prazer (1999), no qual concretizou um antigo projeto de gravar voz e piano.22 Tendo como destaque a gravação de Disparada e concorrendo pelo prêmio Grammy Latino com a cantora argentina Mercedes Sosa, uma das cantoras que maior influência exerceu na carreira [carece de fontes]; no entanto, a colombiana Shakira venceu na categoria.23 O repertório apresentou regravações dos antigos sucessos entre outras canções consagradas e outras inéditas na voz, comemorando os dez anos de parceria entre a cantora e o pianista e maestro Jetther Garotti Júnior.

Anos 2000


A pedido de Marcelo Castelo Branco, presidente da Universal Music, lançou Bossa, no qual regravou canções nacionais e internacionais, de outros gêneros neste estilo.24 O disco, na contramão do que a gravadora havia proposto, não teve nenhum lançamento oficial nem qualquer trabalho por parte da empresa para divulgação ou distribuição. As apresentações de lançamento em SP e RJ foram financiadas pela própria cantora. Isso causou uma crise com a gravadora Universal e a cantora solicitou veementemente o desligamento da empresa, o que ocorreu ao final da temporada na casa de espetáculos Canecão (RJ, 2002). Esta crise de credibilidade de apalavramento entre a empresa e a cantora a levou a desistir definitivamente de longos contratos com gravadoras 25 . Em decorrência de problemas familiares e de um processo de depressão, afata-se dos palcos, durante aproximadamente três anos 25 .
Em 2000 a Universal Music lançou a caixa tripla Três vezes Zizi, dos discos em italiano e ainda Puro Prazer, devido ao total de um milhão de cópias que os três venderam em conjunto. Nesse mesmo ano, a gravadora relançou os discos gravados na primeira fase, pela série Tudo e foi premiada na Itália em 2003 no Prêmio Carosone Internazionale.26 O retorno aos palcos ocorreu com o lançamento: Para Inglês ver e Ouvir (2005) com clássicos da música internacional, norte-americana e inglesa. O projeto, surgido com o repertório selecionado pela cantora para atender ao convite da casa paulistana de espetáculos noturnos Bourbon Street, foi gravado no Teatro Frei Caneca (São Paulo). Entre os méritos este conta ser o primeiro disco ao vivo lançado em 27 anos de carreira, o primeiro em inglês e o segundo DVD lançado, após Per Amore (originalmente lançado em VHS em 1998).
Em 2007 cantou na abertura dos Jogos Mundiais Militares, ao lado de Toquinho, Jorge Aragão, Alcione e a banda Paralamas do Sucesso 27 .

Cantos e Contos


Em 2008 lançou Cantos e Contos na casa paulista Tom Jazz, comemorando os 30 anos de carreira. As apresentações foram realizadas ao lado de colegas com quem mantém afinidade musical 28 : Alcione, Alceu Valença, João Bosco, Eduardo Dusek, entre outros; da nova geração a cantora Luíza Possi e Ana Carolina. Dois anos depois, em 2010 foram lançados pela gravadora Biscoito Fino dois DVDs de forma avulsa, que apresentam os 39 números captados em 12 apresentações entre março e maio de 2008. 29
Participou do álbum Elas Cantam Roberto Carlos; gravado ao vivo, lançado em CD e DVD em 2009, no qual vinte cantoras brasileiras homenageiam os 50 anos de carreira do cantor Roberto Carlos.
Em 2011 a Parada Gay do Rio de Janeiro teve como canção-tema um dos sucessos da carreira, "A Paz".30

Carreira

Sucessos


Ao longo da carreira consagrou-se como cantora popular com sucessos como: Pedação de mim (Chico Buarque), Nunca, Luz e mistério, Meu amigo meu herói (Gilberto Gil), Caminhos do sol (Herman Torres/Salgado Maranhão), Engraçadinha, Eu velejava em você, O amor vem pra cada um (George Harrison/versão Beto Fae), Dê um rolê, Per amor, Perigo (Nico Rezende/Paulinho Lima), Esquece e vem, Noite, A paz (Gilberto Gil/João Donato), Toda uma história (Zizi Possi/Luiz Avelar) e principalmente Asa morena (Zé Caradípia).31

Influências


Entre as vozes que mais admira cantando: Ella Fitzgerald, Caetano Veloso; apreciadora da música erudita, ouve as sopranos Renée Fleming, Angela Gheorghiu, música instrumental clássica e moderna, Luiza Possi, Paulinho Moska, Rolando Boldrin, Jethro Tull, Eric Clapton.32

Discografia



DVD

  • 1998 - Per Amore (disco de ouro)
  • 2005 - Pra Inglês Ver… e Ouvir
  • 2010 - Cantos e Contos, Vol. 1
  • 2010 - Cantos e Contos, Vol. 2



A mostrar Unica master.jpg









Entenda o que está por trás do Halloween.


Halloween


    No dia 31 de outubro comemora-se o Halloween em grande parte dos países Ocidentais, sendo mais representativo nos Estados Unidos por influência dos imigrantes irlandeses que por lá chegaram no século 19. No Brasil, a data ganhou força através de escolas primárias e secundárias Norte-Americanas, dos cursos de inglês e da TV.  

"All Hallows’ Even" significa Noite de Todos os Santos. Com o passar dos tempos, as pessoas passaram a se referir à celebração como “Hallowe'em” e, mais tarde, simplesmente “Halloween”.

A festa



A tradição do Halloween surgiu como o povo Celta há mais de 2.500 anos. Segundo eles, no último dia do verão (31 de outubro) os espíritos saíam dos cemitérios para tomar posse dos corpos dos vivos.

Para assustá-los, colocavam-se nas casas objetos medonhos como caveiras, ossos decorados e abóboras enfeitadas, entre outros. Como se trata de uma festa pagã, ela foi condenada na Europa durante a idade média, época na qual passou a se chamar Dia das Bruxas.

Assim, quem decidisse participar das comemorações, era perseguido e condenado à fogueira pela Inquisição. Para diminuir as influências pagãs na Europa Medieval, a Igreja decidiu cristianizar a festa, criando o Dia de Finados (2 de novembro).

Símbolos e Tradições


Como o Halloween está relacionado à morte, a tradição resgata elementos e figuras assustadoras como símbolos, entre eles: fantasmas, bruxas, zumbis, caveiras, monstros, gato preto e personagens fictícios como Drácula e Frankestein.

É comum as crianças saírem às ruas fantasiadas, batendo de porta em porta.


Quem atende, escuta a frase: “trick or treat”, que significa “travessuras ou doces”. A quem se nega dar uma guloseima, pede à tradição que leve um susto.    

Desta forma, a criançada termina a noite do dia 31 com sacolas recheadas de balas, chocolates e doces.


Enquanto isso, nas festas comemorativas que se espalham pelo país, além da comida das fantasias, não pode faltar uma fogueira.
 


Curiosidade

A lanterna feita com uma abóbora recortada em forma de careta veio da lenda de um homem notório chamado Jack, a quem foi negada a entrada no céu por sua maldade e no inferno por pregar peças no diabo.

Condenado a perambular pela terra como espírito até o dia do juízo final, Jack colocou uma brasa brilhante em um grande nabo oco para iluminar-lhe o caminho através da noite. Então, esse talismã, que acabou virando abóbora, simbolizava uma alma condenada.  

Halloween no cinema e na TV



O interesse por assuntos místicos sempre rendeu boas histórias. São inúmeros os títulos lançados no cinema e na TV. Porém, nada disso seria possível sem as famosas Bruxas, classificadas em Valentinas e Rasputinas para identificar quem usa magia branca ou negra

As Valentinas são descendentes da irlandesa Valentina O’Connam, que veio para o Brasil ainda menina. O seu poder costuma se manifestar na infância e sua marca é um V, que pode desaparecer caso ela faça algo que vá contra os princípios da linhagem.

Já as Rasputinas não possuem sinais e os seus poderes só se manifestam após a maioridade. São descendentes do monge Grigori Rasputin, que viveu na Rússia no começo do século 20.  Essas criaturas usavam chapéu preto, voavam em vassouras e cultivavam uma verruga no nariz.

Entretanto, foram retratadas de formas variadas nos contos da Disney como, por exemplo, nos papéis das madrastas malvadas das princesas Cinderela e Branca de Neve, enquanto que no cinema, alguns filmes foram fiéis a história.

Entre eles, temos: As Bruxas de Salem, A letra Scarlate e Joana D’arc. Esta última, embora montasse a cavalo e tivesse nas mãos uma espada, foi considerada uma bruxa por afirmar ter o dom de falar com seres divinos.

Por outro lado, algumas produções romantizaram ou humanizaram as bruxas. Títulos como Da Magia à Sedução, Abracadabra, Jovens Bruxas e o fenômeno Harry Potter.




Na TV, a série mais famosa foi A Feiticeira (Bewiched), lançada nos anos 60. Até hoje, as pessoas sentem falta das aventuras de Samantha (Elizabeth Montgomery). A bruxinha também foi parar no cinema, em 2005, tendo Nicole Kidman no papel principal.

Ainda na televisão, tivemos Charmed, série lançada em 1998, que retratava a vida das Halliwell, Prue (Shannen Doherty), Piper (Holly Marie Combs) e Phoebe (Alyssa Milano), três irmãs com o dom da magia. A produção até hoje é lembrada pelos fãs.









Justiça Federal determina paralisação de propaganda de faculdades cujos cursos não são reconhecidos pelo MEC



  A Justiça Federal do Rio Grande do Norte determinou a imediata paralisação de toda a publicidade e atividade dos cursos de pós-graduação da Faculdade de Ciências Humanas (Sapiens) e da Faculdade do Norte do Paraná (Facnorte) que não são reconhecidos pelo Ministério da Educação.

Essas duas instituições estão obrigadas pelo Judiciário Federal a não apenas suspenderem a divulgação, mas interromperem temporariamente os cursos. 

A decisão liminar foi do Juiz Federal Magnus Augusto Costa Delgado, da 1ª Vara Federal.



Padaria Central





Fátima parabeniza Brasil e RN e fala em momento de paz e união.


Fátimacâmara

  A senadora eleita pelo Rio Grande do Norte, deputada Fátima Bezerra, parabenizou o Brasil por escolher Dilma Rousseff presidenta da República e a população do Rio Grande do Norte, por escolher Robinson Faria como seu representante no Governo. 

Em discurso na Câmara Federal, nesta quinta-feira (30), a parlamentar destacou que, encerrada a disputa eleitoral, é hora de paz e união entre todos os brasileiros.


A mostrar Unica master.jpg




VIA CENTER TECIDOS




Fixados critérios para divulgação dos resultados do Enem 2013 por escola.


  O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) divulgou os procedimentos e critérios para a divulgação dos resultados do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2013 por escola. 

A medida está publicada no Diário Oficial da União desta sexta-feira (31).

Segundo a portaria, os resultados serão calculados e divulgados para as escolas que possuírem pelo menos dez alunos concluintes do ensino médio participantes do Enem 2013. 

As instituições também devem ter pelo menos 50% de alunos participantes do exame, de acordo com os dados do Censo Escolar 2013.


LIQUIGÁS




RN receberá medicamento que combate o vírus do HIV.



  O Rio Grande do Norte é um dos 16 estados brasileiros beneficiados com o envio do atazanar 300mg pelo Instituto de Farmaguinhos/Fiocruz. 

Além do RN, foram contemplados Amazonas, Bahia, Ceará, Espírito Santo, Mato Grosso, Pará, Paraná, Santa Catarina, São Paulo, Mina Gerais, Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul e o Distrito Federal.

O antirretroviral é o mais utilizado no tratamento de pessoas que vivem com HIV/Aids no Brasil. 

O Ministério da Saúde informa que 47.600 pessoas fazem uso do medicamento



Supermercado Pague Menos




Banda Grafith completa 26 anos com grande festa na Shock.


  A banda Grafith, conhecida por sua versatilidade, já que se adapta desde micaretas a festas em casas de shows, além de formaturas e confraternizações, completa 26 anos este mês.

Para comemorá a data, uma festa na Shock Casa Show, na zona Norte de Natal, no sábado (08), a partir das 22h.



LIVRARIA ESTUDANTIL




Homenagem aos 45 anos de carreira do cantor Fernando Luiz.



fernandoluiz


 A Câmara Municipal de Natal, por proposição do vereador Júnior Grafith (PRB), realizou nesta quinta-feira (30) uma sessão solene para homenagear os 45 anos de carreira do cantor potiguar Fernando Luiz e o Dia Mundial da Música, celebrado dia 1º de outubro. 

Na ocasião, foi feita a entrega de diploma ao homenageado pelos relevantes serviços prestados à cidade de Natal.

Fernando Luiz agradeceu a homenagem dizendo que as conquistas mais difíceis são sempre mais valorizadas. 

“Fazer sucesso é bom, todavia, melhor é contribuir para outros tenham sucesso e sejam felizes. 

Muito obrigado a todos pelo carinho e reconhecimento”, concluiu. Fotos: Verônica Macedo.






O cumprimento de Rosalba a Robinson.



Rosalba e Robinson

 Foi na sessão especial presidida pelo presidente do Tribunal de Contas do Estado, conselheiro Paulo Roberto Alves, realizada nesta sexta-feira (31), que a governadora Rosalba Ciarlini cumprimentou o governador eleito Robinson Faria pela vitória nas urnas este ano.

Flashes dispararam no momento, em que Rosalba cumprimentava Robinson pela eleição. 

No domingo (26), Rosalba foi fotografada com um boton da campanha de Robinson em Mossoró. 





A própria presidente Dilma telefonou para Henrique


Dilma_Henrique

A própria presidente Dilma Rousseff (PT) telefonou nesta quarta-feira para o atual presidente da Câmara, Henrique Eduardo Alves (PMDB-RN), principal articulador da derrota do governo.

Derrotado na disputa pelo governo do Rio Grande do Norte nas eleições deste ano, o peemedebista atribui a derrota ao empenho do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva em favor do adversário.

Henrique disse que a conversa foi cordial, negou que tenha sido sondado para um ministério, mas afirmou que ambos conversarão de novo na próxima semana e que, nessa ocasião, recomendará a ela que ouça mais o Legislativo.

O aceno da presidente foi uma tentativa de conter a ameaça de aprovação de projetos que representam aumento de despesa para o governo. 

Uma dezena de projetos desse tipo poderão ir a votação na Câmara e no Senado nas próximas semanas. Foto: Agência Câmara.



Padaria Central




Coleção de santinhos de mortos atrai curiosos à Jardim do Seridó



10299541_1312858228852795_2766035541607462862_n


Na cidade de Jardim do Seridó, Maria do Carmo de Medeiros Cunha mantem uma coleção pra lá de interessante: santinhos de pessoas que já faleceram. 

E nesta semana, Dona Do Carmo abriu as portas de sua residência para apresentar sua coleção, com mais de 4 mil santinhos, atraindo a atenção de muitas pessoas da cidade. 

O fato também despertou o interesse de uma equipe de reportagem da InterTV Cabugi, que veio a cidade realizar matérias sobre a coleção “fúnebre” da senhora.

De acordo com o radialista Jenully Cristiano, que visitou a exposição, na coleção podem ser encontrados santinhos de pessoas da comunidade, até políticos famosos como Tancredo Neves, Aluízio Alves, Nélio Dias, vereadores e ex-prefeitos de cidades do interior. Artistas como Espanta Jesus, estrangeiros do mundo todo, inclusive Estados Unidos, Padres e dentre outros. 

A maioria dos santinhos dos que morreram em Jardim do Seridó estão estampados na residência de dona Maria do Carmo no bairro Alto do Abrigo.

Para ter uma ideia, há cinco anos ela faz essa exposição, próximo ao dia de finados. 

Eu coleciono por que gosto, desde 1968 quando ganhei o primeiro santinho de Tereza Araújo de Medeiros, era um convite de missa de 30º dia no dia 19 de junho de 1968, daquele dia até hoje guardo com carinho cada um” disse dona Carminha. Segundo a equipe da Inter TV Cabugi, a matéria irá ao ar nesta sexta-feira (31).


VIA CENTER TECIDOS


PGR rejeita primeira versão da delação de Cunha

  Os advogados do deputado cassado Eduardo Cunha (PMDB-RJ) têm, nesta semana, uma rodada de de reuniões com a Procuradoria-Geral d...