terça-feira, 22 de setembro de 2015

Falta fundamento jurídico para impeachment, diz ex-ministro do STF.

Brasil


        O ex-presidente do Supremo Tribunal Federal Carlos Ayres Britto, 72, diz que não há base jurídica para sustentar um processo de impeachment contra a presidente Dilma Rousseff, e que não se pode “artificializar” argumentos para afastá-la do cargo.


Ele admite, em entrevista ao jornal Folha de São Paulo, que o mau desempenho da presidente colocou o país em “situação delicada”, abrindo caminho para a discussão do impeachment, mas afirma que até agora não apareceram evidências de que ela tenha cometido um crime que justifique a abertura do processo.


livraria estudantil

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.

João Doria prefeito de São Paulo, vem ao RN nesta quarta para receber título de cidadão natalense.

ESTADO prefeito de São Paulo, João Doria (PSDB).    Pela terceira vez em uma semana, o prefeito de São Paulo, João Doria (PSDB), p...