sábado, 25 de junho de 2016

Propaganda paga por pré-candidatos na Internet é proibida.



  A Justiça Eleitoral vai punir os pré-candidatos que utilizarem propaganda paga nas redes sociais para fazer campanha eleitoral. 

A utilização dessa ferramenta, segundo o coordenador do Ministério Público Eleitoral da Paraíba, João Bernardo, não será tolerada. “É ilícito eleitoral”, destacou.

A Procuradoria Regional Eleitoral da Paraíba (PRE-PB) orientou  os promotores eleitorais no estado a fiscalizar a propaganda patrocinada  na internet pelos pré-candidatos, e ajuizarem as ações eleitorais, nas zonas nos municípios, contra a conduta vedada.

postado por cicero luis

LIVRARIA ESTUDANTIL


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.

João Doria prefeito de São Paulo, vem ao RN nesta quarta para receber título de cidadão natalense.

ESTADO prefeito de São Paulo, João Doria (PSDB).    Pela terceira vez em uma semana, o prefeito de São Paulo, João Doria (PSDB), p...