sábado, 25 de março de 2017

Setor agropecuário não acredita que Carne Fraca irá impactar produção potiguar.



  Um dos maiores consumidores de carne no mundo, o cidadão brasileiro já se mostra receoso com o alimento após a deflagração da última operação da Polícia Federal denominada Carne Fraca. 

Mesmo assim, as federações ligadas a Agricultura e a Indústria do Rio Grande do Norte consideram que tal fato não teve nem terá influência nas produções de carne do Estado.

O presidente da Federação da Agricultura e Pecuária do RN (Faern), José Alvares Vieira, diz é que importantíssima a operação da PF, porém que não se pode generalizar um “assunto pontual”, pois considera que a “carne brasileira é a melhor do mundo”.

“Precisamos ficar vigilantes para que isso também não se torne um problema de interesse internacional em querer prejudicar a carne brasileira. 

Os grandes países exportadores não querem o sucesso do Brasil, então precisamos blindar o país desses interesses econômicos para não prejudicar nosso mercado”, afirma.

Apesar disso, Vieira avalia que tal fato não terá interferência no RN, e isso se explica na não diminuição de consumo de carne. 

“O Rio Grande do Norte produz apenas 30% da carne que consome, o resto vem de outros estados”, diz.

postado por cicero luis

DOCA AUTO PEÇAS


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.

Termo de Referência para obras de recuperação na Passagem das Traíras e no Gargalheiras será apresentado em Natal

  Uma nova reunião para discutir o relatório de segurança de Barragens, publicado pela Agência Nacional de Águas (ANA) em 2016, com ...