segunda-feira, 29 de maio de 2017

Globo vence disputa judicial com escritor após 16 anos.



  Chegou ao fim um processo de 16 anos contra a Globo, A emissora foi condenada pelo TJSP a pagar 100 salários mínimos ao escritor Ronaldo Ciambroni, que acusou a emissora de violação dos direitos autorais pelo uso do nome de uma de suas peças, “As Filhas da Mãe”, que a Globo usou em 2001.

Após a emissora recorrer diversas vezes, o processo chegou em sua última instância, ao STJ. 

O relator do processo, ministro Luis Felipe Salomão, defendeu a condenação da Globo, por entender que, apesar de serem obras de gêneros diferentes, o título poderia causar confusão nos consumidores.

Porém, ele foi voto vencido, O resto do tribunal acompanhou a decisão do ministro Marco Buzzi, que foi contra a indenização. Ou seja, a emissora venceu a disputa judicial após 16 anos de duras batalhas.

“Não há originalidade no título As Filhas da Mãe, tratando-se de mera expressão popular utilizada pela sociedade no cotidiano; e as obras intelectuais em questão – peça de teatro e telenovela – não se confundem, possuindo gêneros diversos”, argumentou o ministro.
O caso não cabe mais recurso e foi arquivado.

postado por cicero luis

RESTAURANTE SERTANEJO
Restaurante Sertanejo


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.

Pato de 5 metros volta à fachada da Fiesp em ato contra o aumento de impostos.

  O pato amarelo de cinco metros voltou à fachada da Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp) na madrugada desta se...