segunda-feira, 17 de julho de 2017

Michel Temer declara guerra contra a Globo e deputados falam em cassar concessão.



  Após tentativa de trégua frustrada, o presidente da República Michel Temer declarou guerra contra a Globo e mandou executar eventuais dívidas. Alguns deputados já falam até a cassação da concessão da emissora.

Há dois meses, Temer tentou trégua e enviou Moreira Franco (ministro-chefe da Secretaria-Geral da Presidência) para conversar com a cúpula da Globo, mas foi tudo em vão. 

Segundo informações do colunista Leandro Mazzini, do jornal O Dia, Temer então decidiu declarar guerra à emissora e passou a ordenar que fossem executadas eventuais dívidas do  canal da família Marinho com a União, de impostos e de financiamentos no BNDES (Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social).

De acordo com a publicação, no contra-ataque, a Globo determinou uma aproximação dos principais executivos de sua alta cúpula com o presidente da Câmara Federal, Rodrigo Maia, na tentativa de torná-lo presidente da República (mesmo que seja somente até a eleição presidencial de 2018). 

As conversas de Maia com o vice-presidente de relações institucionais da emissora carioca, Paulo Tonet, são constantes.

Enquanto isso, ainda segundo a publicação, deputados da tropa de choque do governo já falam em cassar as concessões da Globo quando os prazos (que são renovados a priori em comissão responsável na Câmara) chegarem ao fim.

postado por cicero luis


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.

Para Rodrigo Maia, denúncia contra Temer será rejeitada com folga na Câmara.

  Para o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), se mantidas as condições atuais, haverá quórum para votar a denúncia da Proc...