quinta-feira, 3 de agosto de 2017

A Câmara rejeitou denúncia e Michel Temer, sai fortalecido.

Nacional



 A Câmara rejeitou nesta 4ª feira (2.ago.2017) a admissibilidade da denúncia por corrupção passiva contra Michel Temer. 

Com isso, o texto é arquivado, Às 20h42 foi atingido o quórum de votos, e já era matematicamente impossível aprovar o andamento da denúncia.

Naquela altura, o governo tinha 184 votos, Haviam votado contra Temer 157 deputados, 13 se ausentaram e 1 se absteve. A votação continua.

Sem o aval da Câmara, o STF (Supremo Tribunal Federal) não pode julgar o presidente da República. Para ter autorizado o andamento do caso, seriam necessários pelo menos 342 votos.

A decisão é uma vitória para Michel Temer. Agora, o Planalto poderá se concentrar em tocar seus projetos no Legislativo.

PLACAR
A Câmara dos Deputados negou, por 263 votos contra 227, a autorização para que o Supremo Tribunal Federal (STF) analise o mérito da denúncia da Procuradoria-Geral da República por corrupção passiva contra o presidente da República, Michel Temer. Houve ainda duas abstenções e 19 ausências.

POSTADO POR CICERO LUIS
FONTE: Diário do Poder 


MOTO TÁXI


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.

Receita vai bloquear acesso de cem mil empresas ao programa do Simples.

  A Receita Federal vai bloquear o acesso de 100 mil micro e pequenas empresas ao programa do Simples a partir desta segunda-feira. ...