quinta-feira, 3 de agosto de 2017

A Câmara rejeitou denúncia e Michel Temer, sai fortalecido.

Nacional



 A Câmara rejeitou nesta 4ª feira (2.ago.2017) a admissibilidade da denúncia por corrupção passiva contra Michel Temer. 

Com isso, o texto é arquivado, Às 20h42 foi atingido o quórum de votos, e já era matematicamente impossível aprovar o andamento da denúncia.

Naquela altura, o governo tinha 184 votos, Haviam votado contra Temer 157 deputados, 13 se ausentaram e 1 se absteve. A votação continua.

Sem o aval da Câmara, o STF (Supremo Tribunal Federal) não pode julgar o presidente da República. Para ter autorizado o andamento do caso, seriam necessários pelo menos 342 votos.

A decisão é uma vitória para Michel Temer. Agora, o Planalto poderá se concentrar em tocar seus projetos no Legislativo.

PLACAR
A Câmara dos Deputados negou, por 263 votos contra 227, a autorização para que o Supremo Tribunal Federal (STF) analise o mérito da denúncia da Procuradoria-Geral da República por corrupção passiva contra o presidente da República, Michel Temer. Houve ainda duas abstenções e 19 ausências.

POSTADO POR CICERO LUIS
FONTE: Diário do Poder 


MOTO TÁXI


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.

João Doria prefeito de São Paulo, vem ao RN nesta quarta para receber título de cidadão natalense.

ESTADO prefeito de São Paulo, João Doria (PSDB).    Pela terceira vez em uma semana, o prefeito de São Paulo, João Doria (PSDB), p...